“Aleac vai discutir na próxima semana sobre os empréstimos consignados e o cartão”, diz Edvaldo

“Aleac vai discutir na próxima semana sobre os empréstimos consignados e o cartão”, diz Edvaldo

Assessoria

Na próxima terça-feira, dia 1º de setembro, a Comissão de Serviço Público, Trabalho e Municipalismo da Assembleia Legislativa realiza uma audiência pública que reúne os representantes da Fênix Soft e da Prover Promoções, do cartão Avancard; além de representantes da Defensoria Pública e do Ministério Público do Estado. O secretário de Estado de Planejamento e Gestão, Ricardão Brandão, também deve participar do encontro. A informação foi confirmada durante a sessão desta quarta-feira (26) pelo deputado Edvaldo Magalhães (PCdoB).

“O gerenciamento está complicado e há muitas burlas das margens. Na próxima terça, vamos colocar todos os atores nesta plataforma e discutir. Temos uma boa experiência com as audiências públicas. Faço aqui este convite para na próxima semana, na terça, às 8 horas, participarem dessa audiência pública”, reforçou Edvaldo Magalhães.

O objetivo do encontro é discutir a respeito dos empréstimos consignados e aprofundar a discussão a respeito do cartão Avancard, que tem juros de 5.5% ao mês. Isso tem gerado transtorno aos servidores públicos, causando até o superendividamento.

Leonildo Rosas

Related Posts

PT, PSB, PCdoB, PSOL e PV fazem reunião para iniciar diálogo rumo  às eleições de 2022

PT, PSB, PCdoB, PSOL e PV fazem reunião para iniciar diálogo rumo às eleições de 2022

Sindicalistas da Saúde empossam palhaço Peteleco como governo e o levam para a mesa de negociação com o governo

Sindicalistas da Saúde empossam palhaço Peteleco como governo e o levam para a mesa de negociação com o governo

Falta de palavra do governador é empecilho para acordo com servidores da Saúde e da Educação

Falta de palavra do governador é empecilho para acordo com servidores da Saúde e da Educação

Edvaldo Magalhães volta a cobrar rapidez do governo na sanção de lei que visa contratação de médicos formados no exterior

Edvaldo Magalhães volta a cobrar rapidez do governo na sanção de lei que visa contratação de médicos formados no exterior

No Comment

Deixe uma resposta