Afinal, Alércio, Vagner e James serão exonerados ou não? Prazo se encerrou no Dia da Mentira

Acabou o prazo há quatro dias.

Dia 1º de abril se encerrou os 10 dias úteis concedidos pelo Ministério Público Estadual (MPF) sobre a demissão dos assessores de Cameli nomeados para o primeiro escalão do governo.

A promotora de Defesa do Patrimônio Público, Myrna Mendoza, recomendou as exonerações de Alércio Dias, Vagner Sales e James Gomes.

Os três foram condenados pelo crime de improbidade administrativa.

Essa pendenga vem se arrastando desde o início do ano, mas o governador do Estado só foi notificado no dia 18 de março.

Diante da notificação, o documento foi enviado à Procuradoria-Geral do Estado, para se pronunciar.

Presidente do Acreprevidência, Alércio Dias já teve a sua indicação devolvida ao gabinete do governador, justamente por ter problemas com a lei.

Caso não siga a recomendação, o governador pode ser alvo de uma ação civil pública.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami