Adversária do Brasil, Venezuela tem doze casos de Covid; Conmebol retira limite de trocas de convocados

Abertura da competição será neste domingo, às 18h, em Brasília

Carol Knoploch

Rival da seleção brasileira na estreia da Copa América, neste domingo, no Mané Garrincha, a Venezuela teve doze casos de Covid-19 confirmados no grupo. Inicialmente a informação de que eram cinco os infectados pelo novo coronavírus foi veiculada pelo Metropoles. O Globo confirmou a informação de que são 12 casos, neste sábado, com a Secretaria de Saúde do Distrito Federal.

A pasta informou que, “na noite de sexta-feira (11), foi notificada pela Conmebol de que 12 membros da delegação da seleção de futebol da Venezuela, incluindo jogadores e comissão técnica, testaram positivo para Covid-19.

O capitão do time pode ter sido o vetor do surto de Covid na Venezuela, uma vez que Tomás Rincón  teve um mal estar físico e quadro viral antes do embarque para o Brasil e não viajou com o grupo.

Raio-x da Copa América: Clubes italianos e espanhóis são os que mais cedem atletas para torneio

Todos estão assintomáticos, isolados em quartos individuais e seguem monitorados pela equipe da Conmebol e pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (Cievs), da Secretaria de Saúde”.

Veja mais aqui.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami