Acreanos se somam ao 29M e vão às ruas neste sábado protestar contra Bolsonaro e Mourão

Além de carreata e passeata pela cidade, os manifestantes vão se concentrar em frente ao Palácio Rio Branco.

Por Maria Meirelles, jornal Opinião

Os acreanos também estão se mobilizando para participar do ato contra o presidente Jair Bolsonaro (ex_PSL) e o seu vice, Hamilton Mourão (PRTB), promovido neste sábado, 29, em todos os estados brasileiros.

Na capital Rio Branco, a manifestação será realizada em vários pontos da cidade e vai culminar em frente ao Palácio Rio Branco. Com o lema, “Queremos Vacina, Pão, Saúde e Educação!”, muitos trabalhadores aderiram ao movimento.

“Faremos um ato unificado em todo o Brasil contra esse governo negacionista, que corta investimentos na Saúde, não faz aquisição de vacinas para proteger a sociedade e os trabalhadores e trabalhadoras”, afirmou presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT/AC), Edmar Batistela.

Ainda segundo Edmar, o protesto também se estende aos cortes dos orçamentos e investimentos na Universidade Federal do Acre (Ufac) – a instituição teve um corte no orçamento de custeio para 2021 de mais de R$ 11,9 milhões (24%) em relação ao orçamento de 2020.

A Federação dos Trabalhadores da Agricultura do Estado do Acre (Fetacre) compõe a lista das instituições organizadoras. “Vamos para rua dizer não às privatizações do Correios e Eletrobras. Somos contra a reforma administrativa que acaba com a estabilidade dos servidores públicos. Vamos às ruas defender o SUS, a agricultura familiar, o direito a moradia e a Educação”, disse o presidente Sergione Paiva.

A data é organizada pelas centrais sindicais, movimentos sociais, sindicatos, entidades de trabalhadores e trabalhadoras da Educação, estudantes, entre outros.

Rota do Protesto

A manifestação se inicia às 15 horas, com uma carreata que saíra da Arena da Floresta com destino ao Colégio de Aplicação, no Centro de Rio Branco. Às 16h30, os manifestantes realizam uma passeata do CAP até a Praça do Palácio Rio Branco.

Os organizadores do ato pedem que as pessoas usem máscaras, levem álcool em gel e tomem todos os cuidados previstos pelos órgãos de Saúde.

Veja a matéria completa aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami