Acre pode estar vivendo surto de meningite; mais um caso suspeito deu entrada no Huerb

Chegou ao Hospital de Urgência e Emergência e Urgência de Rio Branco (Huerb) hoje mais um caso de suspeita de meningite.

Podemos estar vivendo um surto dessa doença gravíssima.

Uma verdadeira Emergência em saúde pública.

O governo parece fazer olhar de paisagem para uma situação que não vale ser tratada com tanta negligência.

Autoproclamado diretor de Comunicação da Secretaria de Estado de Saúde, o jornalista Altino Machado escreveu uma nota olhando para o retrovisor.

Machado foi nomeado para ser diretor da Fundação de Cultura Elias Mansour.

Machado, como é comum como ao atual governo, faz nota olhando para o retrovisor.

Ele apoiava o governo anterior.

Diz que no governo passado houve casos de meningite. Esquece de citar que havia barreiras para evitar o surto.

O jornalista é o de menos.

Ganha para defender o governo para o qual trabalha.

O problema é que vivemos um momento grave na Saúde.

Não é tempo de banalizar.

O governador trocou de secretário, mas onde está a Secretaria Mônica Kanaan?

Se ela veio para terceirizar o sistema, não pode terceirizar o sistema.

Meningite mata.

Pode matar filhos e pais.

Reflexão e ação sobre algo tão grave é o mínimo exigido de um governo incompetente, ineficiente e que, agora, releva um possível surto de meningite.

Acorda, Gladson Cameli!

Trabalhe mais, viaje e cumpra mais com aquilo que fala.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami