Acadêmicos de História da Ufac recepcionam calouros com cartaz para acolher machistas, racistas e homofóbicos

Os trotes e recepções inusitadas nas universidade federais do Brasil já são marcas registradas há muito tempo, entretanto de 2018 a 2019 muitas coisas mudaram, ou melhor, se mostraram como são. Com a vitória do Biroliro, veio a tona todo o racismo, o machismo e a homofobia incrustado nos seios de alguns brasileiros.

Para recepcionar os calouros, os acadêmicos realizaram uma intervenção no seu bloco, com o título “GREGOS E TROIANOS”. A ideia é convidar os machistas, racistas e  homofóbicos para ajudar no seu entendimento de cidadão perante a sociedade.


A graduação em História tem como principal função preservar a memória e o passado. O estudo é essencial para saber de onde viemos, entender como a sociedade funciona  e para onde ela pode caminhar.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami