A água do Depasa só enche as caixas da política

Por Cesário Campelo Braga*

O Depsasa tem sido a moeda com a qual o governador Gladson Cameli tem pago a preço de ouro o apoio político que tem recebido do senador Márcio Bittar. Um apoio cujo custo tem sido alto e que tem afetado diretamente a vida de todos os acreanos e acreanas.

Sob o comando de Gladson Cameli e gerenciado pelos indicados do senador Bittar, a população tem enfrentado em consequência dá má administração a autarquia. Além da falta d’água constantemente (às vezes que “cai” ela ainda é de qualidade duvidosa), os escândalos e acusações de corrupção na administração do órgão saltam aos olhos.

Primeiro foi o ex-diretor presidente Tião Fonseca, indicado por Bittar, que foi preso sob acusação de desvio de recursos públicos da autarquia, processo que ainda está em investigação e que inclui o irmão de criação do senador, Edson Siqueira, que era diretor financeiro do órgão no período que está sob investigação.

Agora, são novas acusações grave de assédio moral e desvio de combustível, que, segundo os áudios vazados, estão sendo praticadas pelos mesmos indicados de Márcio Bittar, que, ainda que estejam oficialmente fora do Depsasa, continuam mandando administrativamente no órgão.

Interessante notar que sobre a falta d’água constante nos bairros e cidades do Acre, Gladson Cameli permanece calado e sem apresentar nem uma solução.

Mas, quando os escândalos atingem os apadrinhados do seu governo e do senador Marcio Bittar, ele tenta criar uma cortina de fumaça afirmando que vai despolitizar o órgão assim se esquivando da sua responsabilidade administrativa e política com tudo que aconteceu no seu governo.

Resta saber se Bittar continuará mandando no Depasa, por meio de seus asseclas. Se os mesmo não serão apenas deslocados para uma nova secretária para manter a boa relação do governador com o senador e se as investigações continuarão de verdade.

Mais importante, porém, é saber se, caso sejam confirmadas as irregularidades, os culpados serão punidos, se os cofres públicos serão ressarcidos e se vai voltar a cair água nas torneiras dos acreanos.

Porque, até agora, a água do Depasa só está enchendo as caixas da politica.

*Por Cesário Campelo Braga é dirigente partidário

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
Close Bitnami banner
Bitnami