Vida que Segue: Suplente de Marcio Bittar pode ser o vice de Socorro Neri

Vida que Segue: Suplente de Marcio Bittar pode ser o vice de Socorro Neri

Olá, meninos e meninas do Acre, do Brasil e do mundo.

Bom dia, boa tarde, boa noite em qualquer lugar em que você esteja no planeta terra.

Hoje é quinta-feira,  vinte de agosto de dois mil e vinte.

Chegou a hora do Vida que Segue.

 Só te peço uma coisa: 

Não siga sem antes se inscrever no canal e ativar o sininho para receber notificação.

Já se inscreveu?

Já ativou o sininho?

Vou pedir mais uma coisa: dê aquele like bem legal e compartilhe com os seus amigos, parentes, namorados, namoradas, esposa, esposo, etc…..

Então vamos lá…

========= 

Gladson Cameli disse que já tem o nome do candidato a vice que apresentará à prefeita Socorro Neri.

Segundo uma fonte, esse nome seria o do médico oftalmologista Eduardo Veloso.

A fonte disse para ficarmos de olhos abertos. 

Pois bem! 

Nunca é demais lembrar que Veloso chegou a ser cogitado como vice do próprio Cameli, mas levou uma rasteira no PSDB e foi parar no PL.

Atualmente, o oftalmologista é o primeiro suplente do senador Marcio Bittar.

O rapaz tem grana para investir na campanha.

Investiu muito nas eleições de 2018.

Sem contar que é detentor de alguns contratos milionários na área de saúde com o governo do Estado.

Só há um problema: o médico responde a um processo por ter se envolvido em acidente que ceifou a vida de uma moça, durante festa no rio Acre.

Mas pode ser o nome.

===== 

Sinceramente, acho que Gladson Cameli faz um jogo arriscado ao apoiar Socorro Neri.

Pode pagar caro no futuro.

Mas o que atrai o governador e a prefeita Socorro Neri é assunto para outro comentário.

A falta de respeito aos aliados é um dos pontos de atração. 

======= 

A maioria das pessoas esquece o que os candidatos prometem em campanha.

Mas tem os que não se esquecem.

Eu sou um deles. 

Lembro perfeitamente que o então candidato Gladson Cameli falava, com toda boçalidade, que iria abrir o Acre para o desenvolvimento.

Passado um ano e oito meses, e o que vemos?

Vemos o desenvolvimento de muitas empresas do Amazonas.

O desenvolvimento de empresas ligadas a políticos. 

Vemos  Acre crescendo como rabo de cavalo: para baixo.

Não fosse a pandemia, todas as fragilidades de um governo e de um governador fracos estariam evisceradas.

Expostas para o mundo.

==== 

É duro admitir, mas a pandemia, que levou tantas vidas, está ajudando a Gladson Cameli.

===== 

O  Estado que seria aberto ao desenvolvimento é o que regride.

Nesta semana, fomos informados que a extrema pobreza aumentou substancialmente no Acre.

Sobre o desmando de Gladson e sua trupe,  a extrema pobreza saltou de  17,4% para 18,9% em 2019. 

Isso quer dizer que 18,9% dos acreanos vivem com menos de US$ 1,90 (cerca de R$ 4,08) por dia. 

Os dados são do Banco Mundial.

Para piorar, temos mais pessoas cadastradas no bolsa família do que com emprego formal.

Sim.

Temos mais pessoas com bolsa família do que com emprego.

Isso acontece porque a economia estagnou.

A construção civil, um dos principais empregadores, está há quase dois anos praticamente paralisadas.

O propagandeado agronegócio ficou no discurso.

Esqueceram-se a tal “rondonizaçao”. 

Falta ao governo um plano voltado para o desenvolvimento em matrizes previamente definidas.

O governo Cameli vive a dúvida de Alice.

Como não sabe para onde ir, qualquer caminho serve.

Falta ao Acre um governador que tenha capacidade de liderar, de apontar caminhos e de falar a verdade.

========= 

Não é perseguição. 

Mas o governador não para de ser risível.

Ou ridículo. 

Gladson Cameli declarou que o retorno das aulas presenciais na rede pública de ensino quando a vacina contra a Covid-19 chegar ao Acre.

Esse homem, realmente, não sabe o que diz.

Já disse que o Acre deveria ser o primeiro estado a receber a vacina porque o nome começar com a letra A.

Às vezes fica a impressão de que falta sobriedade aos chefe do Executivo estadual.

========== 

Chegou!

Ela chegou!

A friagem aterrissou no Acre.

Vamos tirar os agasalhos dos armários.

Mas sabe o que essa friagem significa?

Mais problemas.

Depois dela, o clima ficará ainda mais seco, o que é propício para as queimadas. 

Isso significa mais fumaça e mais gente com problema respiratório.

Significa mais calor.

Ah! Se começasse a chover logo…..  

Leonildo Rosas

Related Posts

Vida que Segue: e se o dinheiro encontrado na casa do cunhado do governador fosse na de um petista?

Vida que Segue: e se o dinheiro encontrado na casa do cunhado do governador fosse na de um petista?

Vida que Segue: Governo e Aleac crucificam Jesus, vaga no TCE pode ir para o João, mas a ideia é emplacar o cândido Nicolau

Vida que Segue: Governo e Aleac crucificam Jesus, vaga no TCE pode ir para o João, mas a ideia é emplacar o cândido Nicolau

Beco sem Saída: Senador Petecão agradece ao médico Tião Viana por atendimento ao seu irmão

Beco sem Saída: Senador Petecão agradece ao médico Tião Viana por atendimento ao seu irmão

Vida que Segue: Gladson pode ficar sem partido até depois da eleição; TJAC alerta sobre golpe

Vida que Segue: Gladson pode ficar sem partido até depois da eleição; TJAC alerta sobre golpe

No Comment

Deixe uma resposta

Colunistas

Encontre-nos

Endereço
Av. Paulista, 123456
São Paulo, SP, CEP: 01311-300

Horário
Segunda—sexta: 9h–17h
Sábados e domingos: 11h–15h