Ulisses Araújo pode estar exercendo o posto de coronel da ativa da Polícia Militar de forma irregular

Ulisses Araújo pode estar exercendo o posto de coronel da ativa da Polícia Militar de forma irregular

Comandante da Polícia Militar do Acre, o ex-candidato a governador Ulisses Araújo pode estar ocupando o posto de coronel da ativa de forma que confronta com o estatuto da corporação.

Ulisses foi promovido a coronel no dia 21 de agosto de 2014. A sua promoção foi assinada pelo então governador Tião Viana.

Ele está, portanto, há quase seis anos no posto mais elevado da Polícia Militar.

O estatuto da corporação, no seu artigo 98 estabelece os critérios para o militar ser transferido “ex officio” para a reserva remunerada.

Um dos itens diz que o oficial deve ir para a reserva sempre que ultrapassar cinco anos no posto de coronel. O que é o caso de Ulisses.

Semana passada, Ulisses Araújo anunciou que pretende concorrer ao governo nas eleições de 2022, mas foi obrigado a recuar.

Fato é que tem muita gente de olho no seu posto, esperando a promoção.

Leonildo Rosas

Related Posts

Alianças políticas para 2020 compõem verdadeiros sambas do criolo doido

Alianças políticas para 2020 compõem verdadeiros sambas do criolo doido

Contrato milionário do governo com empresa para gerenciar consignados vai parar na Justiça

Contrato milionário do governo com empresa para gerenciar consignados vai parar na Justiça

Decisão do pleno do STF pode garantir posse de Maria de Jesus Carvalho como conselheira do TCE

Decisão do pleno do STF pode garantir posse de Maria de Jesus Carvalho como conselheira do TCE

Derrotado, Gladson Cameli pede suspensão de atividades partidárias do Progressistas e não se filia no PSDB

Derrotado, Gladson Cameli pede suspensão de atividades partidárias do Progressistas e não se filia no PSDB

No Comment

Deixe uma resposta

Colunistas

Encontre-nos

Endereço
Av. Paulista, 123456
São Paulo, SP, CEP: 01311-300

Horário
Segunda—sexta: 9h–17h
Sábados e domingos: 11h–15h