TJAC cumpre meta nacional de combate à violência contra a mulher e ao feminicídio

TJAC cumpre meta nacional de combate à violência contra a mulher e ao feminicídio

Foram julgados 109% dos casos de feminicídios e 2.373 processos envolvendo outros crimes contra a mulher

Em mais um esforço organizado pelo fim das agressões de gênero, o Tribunal de Justiça do Acre (TJAC) cumpriu integralmente a Meta Nacional nº 8 do Poder Judiciário, que prevê a priorização do julgamento de casos de feminicídio e violência doméstica e familiar contra a mulher.

Os percentuais atingidos colocam o TJAC em 1° lugar, no cumprimento de julgamentos em feminicídio pelo Tribunal do Júri, entre outros 12 Tribunais de Justiça do país.

Para além de números, a ação representa um avanço importante, na medida em que constitui uma resposta rápida da Justiça aos agressores. Mais que isso, uma mensagem a toda sociedade: a violência doméstica e familiar precisa acabar.

A Meta Nacional nº 8 (ano base 2019) tinha como objetivo o fortalecimento da rede de enfrentamento à violência doméstica e familiar contra as mulheres, além do julgamento, até 31 de dezembro de 2019, de 50% dos casos pendentes, referentes a feminicídio (quando a vítima é morta por sua condição de gênero, por ser mulher), bem como de outras agressões, incluídos, deferimentos de medidas protetivas. 

O índice atingido foi de 109,76%, em relação aos crimes de feminicídio , que são de 50%. Já os julgamentos de outros delitos contra a mulher (ameaça, lesão corporal etc) alcançaram um percentual de 54,88%, ultrapassando, assim, os 50% estabelecidos pela Meta 8. Dos 4.324 processos pautados foram julgados 2.373.

A titular da Coordenadoria Estadual das Mulheres em Situação Doméstica e Familiar (Comsiv), desembargadora Eva Evangelista, destacou os bons resultados obtidos pelo TJAC. 

“Esse é fruto de um trabalho realizado a muitas mãos, em cooperação, com muita dedicação. O reconhecimento do CNJ com a inclusão do TJ Acre no cumprimento da Meta 8, reflete a coesão do sistema de justiça e o compromisso social do Judiciário acreano, de que não contemporiza com a violência doméstica e familiar contra a mulher”, salientou a magistrada.

Metas Nacionais do Poder Judiciário

As Metas Nacionais têm o objetivo de promover o aperfeiçoamento do Poder Judiciário, na busca por mais celeridade, eficiência, qualidade e transparência à sociedade. Elas são estabelecidas anualmente pelo CNJ e também visam a verificação da atual Estratégia Nacional do Poder Judiciário 2015–2020.

O Relatório das Metas Nacionais 2019 (baixe aqui) apresenta os resultados individuais dos Tribunais em relação aos compromissos firmados durante o XII Encontro Nacional do Poder Judiciário, ocorrido em Foz do Iguaçu/PR.

O TJAC recebeu destaques em todas as 8 Metas Nacionais e cumpriu integralmente 7 delas.

Leonildo Rosas

Related Posts

Judiciário do Acre realiza mais de 2 milhões de atos durante o primeiro ano da pandemia

Judiciário do Acre realiza mais de 2 milhões de atos durante o primeiro ano da pandemia

Ministra do STJ quer saber se magistrados acreanos devolveram gratificação recebida ilegalmente

Ministra do STJ quer saber se magistrados acreanos devolveram gratificação recebida ilegalmente

Site do Tribunal de Justiça foi hackeado e é tirado do ar

Site do Tribunal de Justiça foi hackeado e é tirado do ar

Comitê da Diversidade do TJAC: uma medida de enfrentamento as práticas discriminatórias

Comitê da Diversidade do TJAC: uma medida de enfrentamento as práticas discriminatórias

No Comment

Deixe uma resposta