Tião Viana ganha causa na Justiça, mas aceita acordo proposto por Bocalom

Ao longo dos oito anos em que governou o Acre, sempre que era agredido na sua honra, o ex-governador Tião Viana acionava os agressores na Justiça.

A busca da reparação na Justiça tem surtido efeito. Várias foram as ações vencidas por Viana. Alguns estão em tramitação, outras em processos de execução.

Nesta terça-feira, o ex-governador esteve frente a frente com o diretor-presidente da Emater, Tião Bocalom.

Os dois Tião foram adversários nas eleições de 2010 e 2014, na disputa para o governo.

O encontro de hoje, porém, nada tinha de político. Era jurídico.

A dupla se encontrou no Juízo Especial. Viana ganhou indenização de Bocalom, no valor de R$ 7,5 mil, que será pago em sete parcelas mensais de R$ 1 mil e uma de R$ 500, conforme acordo proposto pelo réu.

Advogado do ex-governador, Giordano Simplício Jordão revelou que há muitas outras ações em curso.

Segundo Simplício Jordão, Viana nunca tergiversou na defesa da sua honra, pois sempre tratou o debate político no campo ético e do respeito.

“O ex-governador Tião Viana não tem um processo contra ele, porque nunca atacou a honra dos seus adversários. Em contrapartida, ele já venceu muitas outras ações contra aqueles que proferiram agressões contra ele”, declarou.

Deixe uma resposta

Next Post

Governo Bolsonaro pretende privatizar Serra do Divisor, Parque do Chandelss e reserva extrativista do Acre

sex out 18 , 2019
Os parques da Serra do Divisor e do Chandelss, bem como as reservas extrativistas Cazumbá-Iracema, […]
%d blogueiros gostam disto: