Sobrinho de Bolsonaro que assessorava senador flagrado com dinheiro na  cueca vai trabalhar com Petecão

Sobrinho de Bolsonaro que assessorava senador flagrado com dinheiro na cueca vai trabalhar com Petecão

Quem tem padrinho forte, não morre pagão no jogo do poder em Brasília.

É o caso, por exemplo de Leonardo de Rodrigues de Jesus, conhecido como Léo Indio.

Léo Índio é sobrinho do presidente da República e assessorava o senador Chico Rodrigues, flagrado pela Polícia Federal com dinheiro da cueca.

Após o escândalo, o sobrinho do presidente pediu exoneração, mas ficou pouco tempo desempregado.

Léo Índio foi nomeado como assessor parlamentar da Primeira Secretaria do Senado, cujo comandante é o senador acreano Sérgio Petecão (PSD).

Para assessorar Petecão, ele ganhará R$ 17.319,31 de salário. No gabinete de Chico Rodrigues recebia R$ 22.943,73.

Leonardo de Rodrigues de Jesus é filho de Rosemeire Nantes Braga Rodrigues, irmã de Rogéria Nantes, ex-mulher de Jair Bolsonaro e mãe dos três filhos mais velhos do presidente – Carlos, Flávio e Eduardo.

Na sua conta no Twitter, o jornalista Ricardo Noblat escreveu: “O Centrão salva e a mamata continua.

Leonildo Rosas

Related Posts

Frank Lima perdeu a condição de permanecer como secretário de Saúde de Rio Branco

Frank Lima perdeu a condição de permanecer como secretário de Saúde de Rio Branco

Sem os bilhões prometidos, construção civil do Acre se contenta com as pequenas obras

Sem os bilhões prometidos, construção civil do Acre se contenta com as pequenas obras

É dever até dos aliados não levar a candidatura de Márcia Bittar ao Senado a sério

É dever até dos aliados não levar a candidatura de Márcia Bittar ao Senado a sério

Construção do Centro Administrativo sobe o telhado; a determinação é investir em pequenas obras

Construção do Centro Administrativo sobe o telhado; a determinação é investir em pequenas obras

No Comment

Deixe uma resposta