Roberto Duarte obriga Ministério Público a sair da zona de conforto ao cobrar investigação no contrato da Murano

Foto: Sérgio Vale

O deputado estadual Roberto Duarte (MDB) convidou o Ministério Público do Acre (MPAC) a se movimentar e agir contra as supostas irregularidades cometidas no âmbito da administração estadual.

Desde o início do ano, o governo Gladson Cameli vem se esmerando em cometer atos que afrontam a legislação.

Mesmo diante de casos gritantes de ilícitos, os órgãos de controle permanecem inertes, adormecidos.

Mas agora o Parquet terá que se mexer.

Duarte apresentou ofício à Promotoria Especializada de Defesa do Patrimônio cobrando investigação sobre a contratação da empresa Murano Construções.

Diante da provocação, a promotora Myrna Mendonza terá que agir.

Este Portal do Rosas foi o primeiro a levantar suspeitas sobre a contratação da Murano. Veja matéria abaixo.

Documentos comprovam que não há contrato para recuperação da AC-40; Órgãos de controle têm o dever de acompanhar ata da empresa Murano

Com sede no Distrito Federal, a empresa é detentora de uma ata de preços, no valor superior a R$ 56 milhões, no Instituto Federal de Ceres, em Goiás.

Pendurado na ata, o governo deixou de licitar no Acre, prejudicando, sobremaneira, a construção civil estadual.

A Murano já contratou cerca de R$ 30 milhões, por meio de adesão nas secretarias de Infraestrutura e Segurança Pública.

Roberto Duarte teve um requerimento pedindo esclarecimentos sobre a Murano derrubado, a mando do governo, pela base aliada na Assembleia Legislativa.

A derrubada do requerimento pode custar muito mais caro, se realmente o MPAC for a fundo nas investigações.

Ofício semelhante ao do MPAC foi enviado ao chefe da Casa Civil, Ribamar Trindade, que é obrigado, por força de lei, a prestar os esclarecimentos.

A casa pode cair.

Agora só falta uma representação por extrapolação do limite de gasto com pessoal da Lei de Responsabilidade Fiscal.

Deixe uma resposta

Next Post

TJAC institui sessões de julgamento virtual nos órgãos colegiados do 2º Grau

sex out 4 , 2019
O Tribunal Pleno Administrativo aprovou mudança no Regimento Interno do Tribunal de Justiça do Acre […]
%d blogueiros gostam disto: