Que vergonha! Em audiência em Brasília, Gladson Cameli pede que assessores da Presidência determine o que ele deve fazer no Acre

Quando está no Acre, Gladson Cameli gosta de posar de “Determinador”.

Longe de solo acreano, o rapaz demonstra o tanto que é despreparado e pequeno para o cargo que exerce.

A cadeira de governador é grande demais para a estatura de Cameli.

O pior é que ele mesmo faz questão de expor a sua extrema fragilidade de autoridade.

Em vídeo publicado nas suas redes sociais, o governador desmerece os votos dos acreanos, quando diz que auxiliares da Presidência da República podem determinar o que ele deve fazer.

É atitude pusilânime.

É coisa típica de um governante que está perdido, que não tem projeto e espera, mais uma vez, que outros venham resolver os seus problemas.

Veja o vídeo abaixo:

Deixe uma resposta

Next Post

Gladson Cameli volta a prometer o que não pode; Estado arrecada cerca de R$ 300 milhões por ano com ICMS dos combustíveis

qui fev 6 , 2020
“Maria vai com as outras” é como são chamadas as pessoas que não têm vontade […]
%d blogueiros gostam disto: