PT protocola pedido de investigação no TCU, MPF e CGU sobre supostas irregularidades no INTO e no Hospital de Campanha de Rio Branco

PT protocola pedido de investigação no TCU, MPF e CGU sobre supostas irregularidades no INTO e no Hospital de Campanha de Rio Branco

O Partido dos Trabalhadores protocolou, na manhã desta terça-feira, 7, um pedido de investigação no Tribunal de Contas da União, no Ministério Público Federal e na Controladoria Geral da União sobre possíveis irregularidades na gestão do INTO/Covid e na construção do Hospital de Campanha.

São pontos fundamentais da acusação:
• A CARÊNCIA DE MÃO DE OBRA E DO FUNCIONAMENTO DO HOSPITAL DE CAMPANHA AQUÉM DE SUA CAPACIDADE;

• A BAIXA EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIO-FINANCEIRA DOS RECURSOS DESTINADOS PELO GOVERNO FEDERAL AO GOVERNO DO ACRE PARA DESPESAS COM ENFRENTAMENTO À COVID-19;

• A SUPOSTA PRÁTICA DE PAGAMENTO DE PROPINA OU EXECUÇÃO DE SERVIÇOS NÃO CONTRATADOS PELO ESTADO DO ACRE PELA EMPRESA GESTORA DA UNIDADE COVID-19 INSTALADA NO INSTITUTO DE TRAUMATOLOGIA E ORTOPEDIA DO ACRE – INTO; e

• O SUPOSTO PAGAMENTO DE PROPINA POR PARTE DE EMPRESA PRIVADA À DIRETORA EXECUTIVA DO DERACRE, EM OBRA REALIZADA NO INTO/HOSPITAL DE CAMPANHA.

Mediante tais exposições, o Partido dos Trabalhadores requereu aos órgãos competentes a abertura de inquérito civil público.

Leonildo Rosas

Related Posts

Edvaldo destaca criação de sindicato das empresas da construção civil no Vale do Juruá

Edvaldo destaca criação de sindicato das empresas da construção civil no Vale do Juruá

Governador manda PL à Aleac extinguindo o Igesac e cria quadro especial para servidores

Governador manda PL à Aleac extinguindo o Igesac e cria quadro especial para servidores

”O Brasil está abandonado”, diz Leo de Brito em discurso na Câmara dos Deputados

”O Brasil está abandonado”, diz Leo de Brito em discurso na Câmara dos Deputados

Edvaldo Magalhães volta a sair em defesa dos aprovados do cadastro de reserva da PMA

Edvaldo Magalhães volta a sair em defesa dos aprovados do cadastro de reserva da PMA

No Comment

Deixe uma resposta