Possível vazamento de dados de servidores para empresa do cartão Avancard será investigado

Possível vazamento de dados de servidores para empresa do cartão Avancard será investigado

Enquanto os incomodados eram servidores do andar de baixo, o governo do Estado respondia com o silêncio os telefonemas e mensagens oferecendo empréstimos e cartão de crédito Avancard oferecido pela empresa FênixSoft Gestão de Software e Consignado.

Importada do Amazonas, estados cujas empresas estão se fartando de ganhar dinheiro na gestão Gladson Cameli, a FênixSoft estava tocando fogo no sigilo dos servidores, sob risco de deixar apenas cinza na economia do Acre.

Várias denúncias foram feitas nas Assembleia Legislativa, principalmente pelos deputados Edvaldo Magalhães (PCdoB) e Daniel Zen (PT), sem que a administração estadual tivesse dado qualquer sinal de que iria tomar as medidas cabíveis para combater o ilícitos.

Foi preciso a denúncia sair de alguém de peso para que algum passo fosse dado.

Semana passada, o próprio vice-governador Wherles Rocha foi à sua página no Facebeook levantar cinco questionamentos sobre a contratação da empresa e a sua forma de operar.

Num dos questionamentos, Rocha deixa claro que está havendo o vazamento de informações sigilosas dos servidores para a empresa.

Ele também questionou a dispensa de licitação para que a empresa amazonense passasse a administrar um contrato extremamente vantajoso, quando o correto seria a abertura de uma licitação para que houvesse uma ampla concorrência.

Veja a denúncia de Rocha aqui.

Após a denúncia do vice-governador, o secretário de Estado de Planejamento e Gestão, levou ao Diário Oficial do Estado uma notificação para que a empresa, em 48 horas, preste esclarecimentos sobre possível violação do direito ao sigilo das informações pessoais dos servidores públicos.

A medida vem tardia, mas é uma resposta.

O secretário tem o dever de trazer o resultado a público.

Os deputados devem cobrar que medidas efetivas sejam adotadas para não endividar ainda mais os servidores.

Os órgãos de controle têm que abrir os olhos e sairem da zona de conforto.

Leonildo Rosas

Related Posts

Frank Lima perdeu a condição de permanecer como secretário de Saúde de Rio Branco

Frank Lima perdeu a condição de permanecer como secretário de Saúde de Rio Branco

Sem os bilhões prometidos, construção civil do Acre se contenta com as pequenas obras

Sem os bilhões prometidos, construção civil do Acre se contenta com as pequenas obras

É dever até dos aliados não levar a candidatura de Márcia Bittar ao Senado a sério

É dever até dos aliados não levar a candidatura de Márcia Bittar ao Senado a sério

Construção do Centro Administrativo sobe o telhado; a determinação é investir em pequenas obras

Construção do Centro Administrativo sobe o telhado; a determinação é investir em pequenas obras

No Comment

Deixe uma resposta