A pompa era grande.

O salário nada generoso.

O experiente repórter esportivo Chico Pontes informa em seu blog – http://blogdochicopontes.com.br/capa/2646/ – que o professor Maurício Generoso Filho pediu exoneração da Assessoria de Esportes.

O motivo teria sido o baixo salário.

Generoso com açougueiro, cozinheiro e todo tipo de “eiro”, o rapaz esqueceu a gentileza pecuniária com o bom professor Maurício.

O Diário Oficial do dia 1º deste mês trouxe a nomeação do professor numa CEC 1. Não é o salário de um atleta juvenil.

Convenhamos, para que tem a história do Mauricio no esporte e que falou tão mal do governo anterior, o salário é pior do que um gol contra.