Política econômica equivocada de Gladson Cameli eleva o preço da carne bovina no mercado interno

Política econômica equivocada de Gladson Cameli eleva o preço da carne bovina no mercado interno

Gladson Cameli se elegeu com o discurso de que faria a economia acreana “bombar” através do agronegócio.

Passado quase um ano, não se tem notícia de um pé de mandioca, milho, soja ou de qualquer outra cultura que seja fruto da atuação do atual governo ou de sua equipe.

O pior não é isso.

Não é somente não saber o que será feito para economia do Acre se desenvolver, como confessou a principal gestora do governo, a Secretária Maria Alice, em audiência pública realizada no dia 2 deste mês na Assembleia Legislativa. O pior é incentivar os donos do agronegócio e enviar a conta para a população pagar.

Foi justamente o que fez o governo atual quando, através do Decreto nº 4.649/2019, abriu as porteiras do Estado para que pecuaristas enviassem o gado produzido no Estado pagando uma ninharia de R$ 45,60 pelo boi gordo e R$ 33,60 pela vaca gorda.

Com esse incentivo, o Estado repassa diretamente para o bolso dos donos do gado, R$ 260, por animal macho, e R$ 272, por vaca gorda, se considerado o preço da arroba na cotação do dia 5 deste mês.

Caso ocorra a saída de pelo menos quatro mil animais até o prazo final de vigência do Decreto nº 4.649/2019, que é dia 20 deste mês de dezembro, o Estado terá repassado um milhão de reais aos pecuaristas locais.

A retirada desenfreada de gado reduz a oferta da matéria-prima para os frigoríficos locais, pressiona os custos de produção em face da menor oferta e eleva o preço para a população, principalmente a mais pobre.

Achando pouco o governo aumentou em 25% o ICMS sobre a carne com osso vendida pelos frigoríficos (Decreto 4.631/19).

Embora esse aumento seja nas vendas para outros Estados, também reflete no mercado interno, pois os frigoríficos compensam os maiores custos nessa operação nos demais produtos (carne sem osso, vendas no mercado interno, entre outros).

Não resta dúvida de que a maior demanda chinesa por proteína bovina impactou o preço da carne nos açougues do País e do Estado, mas, contribuiu decisivamente para agravar a situação, a desastrosa política do governo do Estado.

Leonildo Rosas

Related Posts

Em tempos de vacas magras, preço do boi gordo tem alta de quase 12% no Acre

Em tempos de vacas magras, preço do boi gordo tem alta de quase 12% no Acre

Acre está entre os nove estados que superaram limite de gastos com pessoal imposto pela  Lei de Responsabilidade Fiscal, em 2019

Acre está entre os nove estados que superaram limite de gastos com pessoal imposto pela Lei de Responsabilidade Fiscal, em 2019

José Adriano ganha mais uma na Justiça, que confirma legitimidade da eleição na Fieac

José Adriano ganha mais uma na Justiça, que confirma legitimidade da eleição na Fieac

“Muitos não resistirão à essa medida extrema”, prevê presidente da Associação Comercial

“Muitos não resistirão à essa medida extrema”, prevê presidente da Associação Comercial

No Comment

Deixe uma resposta

Colunistas

Encontre-nos

Endereço
Av. Paulista, 123456
São Paulo, SP, CEP: 01311-300

Horário
Segunda—sexta: 9h–17h
Sábados e domingos: 11h–15h