Polícia Federal identifica depósito de R$ 25 mil, feito por empresa de medicamentos, na conta do prefeito de Marechal Thaumaturgo

Polícia Federal identifica depósito de R$ 25 mil, feito por empresa de medicamentos, na conta do prefeito de Marechal Thaumaturgo

Empresa Biolar também depositou R$ 5 mil para Saari Piãko e mais de R$ 96 mil para filho do prefeito de Rodrigues Alves

A empresa Biolar Importação e Exportação depositou R$ 25 mil reais na conta do prefeito de Marechal Thaumaturgo, Isaac Piãko, conforme aponta investigação feita pela Polícia Federal, durante a Operação Off Label, desencadeada no último dia 3 de junho, em várias prefeituras. 

As investigações também apontaram que um outro depósito de R$ 5 mil fora feito em favor de Saari Piãko, filho do prefeito.

As relações com a prefeitura de um dos municípios de difícil acesso do Acre foi extremamente rentável para a empresa.

De 2017 a 2020, a Biolar vendeu quase R$ 2,5 milhões em medicamentos para a prefeitura de Marechal Thaumaturgo. As informações estão disponíveis no Portal da Transparência.

Os depósitos nas contas do prefeito e do seu filho foram identificadas pela Polícia Federal por meio da quebra dos sigilos telefônicos, fiscais e bancários autorizados pela Justiça.

 Os investigadores apuram que o suposto pagamento de propinas era praxe pelos sócios da empresa, haja vista que foram identificados diversos depósitos para agentes públicos em municípios do Acre e até do Amazonas. 

Um desses depósitos mais vultosos no nome de um dos filhos do prefeitos de Rodrigues Alves, Sebastião Correia (MDB), no valor de R$ 96.163,57.

As investigações identificaram que houve um saque na boca do caixa, feito por um dos proprietários da empresa, no valor superior a R$ 1,3 milhões.

“Não se sabe, entretanto, o destino do valor sacado (R$ 1.325.436,92). Podendo-se cogitar ter sido destinado em espécie a diversos servidores municipais e estaduais, sendo assim, necessária a busca e apreensão domiciliar”, diz o relatório dos investigadores.

A Operação Off-Label foi realizada pela Policia Federal, em parceria com a Controladoria Geral da União (CGU). Foram  cumpridos 85 ordens judiciais cautelares, em oito municípios do Acre, incluindo a capital, além de três municípios amazonenses.

As investigações continuam.

Veja as transações da prefeitura de Marechal Thaumaturgo com a empresa desde 2017.

Leonildo Rosas

Related Posts

Frank Lima perdeu a condição de permanecer como secretário de Saúde de Rio Branco

Frank Lima perdeu a condição de permanecer como secretário de Saúde de Rio Branco

Sem os bilhões prometidos, construção civil do Acre se contenta com as pequenas obras

Sem os bilhões prometidos, construção civil do Acre se contenta com as pequenas obras

É dever até dos aliados não levar a candidatura de Márcia Bittar ao Senado a sério

É dever até dos aliados não levar a candidatura de Márcia Bittar ao Senado a sério

Construção do Centro Administrativo sobe o telhado; a determinação é investir em pequenas obras

Construção do Centro Administrativo sobe o telhado; a determinação é investir em pequenas obras

No Comment

Deixe uma resposta