Olha a mão pesada do senhor, irmão! Pastor assessor de senadora sem voto é acusado de montar pirâmide financeira

Está na Bíblia, no evangelho de Lucas: “Quão dificilmente entrarão no reino de Deus os que têm riquezas! Pois mais fácil é passar um camelo pelo fundo de uma agulha, do que entrar um rico no reino de Deus”.

O ensinamento de Jesus está difícil de ser acompanhado pelos homens na terra.

Principalmente quando nos deparamos com denúncias como a do deputado José Luiz Tchê (PDT).

Tchê afirmou que o pastor José Ildson é o responsável por uma empresa especializada em pirâmide financeira: a RCC Alimentos, do Estado de Rondônia.

O deputado explica que, para visitar a suposta pirâmide, a pessoa precisa desembolsar R$ 180 para manter o negócio. Depois, não precisa fazer nada para ter lucro.

Há promessa de um lucro de até R$ 100 mil para quem fizer indicação de novos investidores.

Além de construtor de pirâmide, o pastor é nomeado, com o salário de R$ 11 mil, no gabinete da senadora sem votos Mailza Gomes.

Tchê é um homem de negócios, está longe de ser santo.

José Ildson está mais longe ainda dos santos.

Evangélicos não acreditam em santidade. Mas não custa nada seguir o que escreveu São Lucas.

Hugo Costa

Deixe uma resposta

Next Post

BOLSONARO TEM PIOR GOVERNO JÁ REGISTRADO PELO IBOPE

qua mar 20 , 2019
Jair Bolsonaro perdeu três de cada dez apoiadores do seu governo em apenas dois meses. […]
%d blogueiros gostam disto: