“Não adianta emitir decreto proibitivo se não tem conscientização e fiscalização”, alerta Forneck

“Não adianta emitir decreto proibitivo se não tem conscientização e fiscalização”, alerta Forneck

Assessoria

Preocupado com o aumento dos casos de covid-19 e mortes de pacientes no Acre e em Rio Branco, o líder do PT na Câmara de Vereadores, cobrou mais ação do poder público.

“Não adianta emitir apenas decreto proibitivo. É necessário trabalhar a fiscalização e ampliar a conscientização da população, ocupando as TVs, rádios, impressos, outdoor, com campanhas educativas que esclareçam o porquê de não se promover queimadas, festinhas ou aglomerações. É errado culpar a população, sem oferecer informação”, salientou Forneck.

Ainda segundo o parlamentar, nem todo mundo tem acesso a internet ou rede social, de modo que é papel do Estado e do Município levar informação a todos, independentemente de classe social.

Outra problemática levantada por Rodrigo na sessão desta quinta-feira, 18, é a situação dos pequenos empreendedores. “O governo tem que produzir um plano para a retomada do comércio. E isso ainda não aconteceu. Por que se tem critérios para contemplar a abertura de grandes estabelecimentos e o trabalhar que tem seu pequeno comércio não pode ser atendido? Não podemos atuar com dois pesos e duas medidas. Essa demanda é urgente e precisa ser construída em parceria com o setor”, destacou.

Leonildo Rosas

Related Posts

Bocalom volta atrás e revoga decreto sobre abertura das igrejas e templos religiosos

Bocalom volta atrás e revoga decreto sobre abertura das igrejas e templos religiosos

Denúncia contra Marcus Alexandre visa encobrir casos de corrupção no governo de Gladson

Denúncia contra Marcus Alexandre visa encobrir casos de corrupção no governo de Gladson

Daniel Zen cobra explicações sobre novo escândalo na Secretaria de Educação

Daniel Zen cobra explicações sobre novo escândalo na Secretaria de Educação

Leo de Brito pede extinção de auxílio de saúde e alimentação para parlamentares

Leo de Brito pede extinção de auxílio de saúde e alimentação para parlamentares

No Comment

Deixe uma resposta