MPF recomenda exoneração de diretora do Instituto de Meio Ambiente do Acre

MPF recomenda exoneração de diretora do Instituto de Meio Ambiente do Acre

Nomeada é ré em ação penal por crimes ambientais, entre outras incompatibilidades

O Ministério Público Federal no Acre enviou recomendação ao Governo do Acre para que exonere a diretora do Instituto do Meio Ambiente e Análises Climáticas do Acre (Imac), Adelaide de Fátima Gonçalves de Oliveira.

De acordo com o documento assinado pelo procurador da República Humberto de Aguiar Junior, as nomeações para cargos públicos, ainda que em comissão, devem observar os princípios constitucionais de legalidade, impessoalidade, publicidade e eficiência. A recomendação lembra ainda que o ocupante de cargo ou emprego público no Poder Executivo deve agir de modo a prevenir e impedir possível conflito de interesses e a resguardar informação privilegiada.

A recomendação explica ainda que Adelaide de Fátima Oliveira é presidente do sindicato do setor madeireiro e proprietária de uma empresa madeireira, o que caracteriza conflito de interesses. Além disso, ela é ré em ação penal que tramita na Justiça Federal por crimes de falsidade ideológica, por dificultar a fiscalização do Poder Público em questões ambientais e por adquirir madeira sem licença válida.

Adelaide de Fátima Gonçalves de Oliveira foi nomeada no último dia 30 de setembro para exercer o cargo de diretora do Imac, de acordo com a publicação no Diário Oficial do Estado do Acre, no dia 1 de outubro de 2020.

O governo tem dez dias úteis para responder se aceita ou não a recomendação do MPF, tendo sido avisado que a recusa poderá ensejar medidas judiciais cabíveis ao caso.

Leonildo Rosas

Related Posts

MPF recomenda alterações nas aquisições da alimentação escolar no Acre

MPF recomenda alterações nas aquisições da alimentação escolar no Acre

MPF recomenda alterações nas aquisições da alimentação escolar no Acre

MPF recomenda alterações nas aquisições da alimentação escolar no Acre

Procurador Sammy Barbosa envia recomendação para que governo evite reprimir manifestação democrática marcada para sábado

Procurador Sammy Barbosa envia recomendação para que governo evite reprimir manifestação democrática marcada para sábado

MPF pede que Justiça determine prazo para efetivação da regularização fundiária da Gleba Novo Destino, em Manoel Urbano

MPF pede que Justiça determine prazo para efetivação da regularização fundiária da Gleba Novo Destino, em Manoel Urbano

No Comment

Deixe uma resposta