MPF apura denúncias de fraude em cotas raciais na Ufac

MPF apura denúncias de fraude em cotas raciais na Ufac


Universidade recebeu prazo para prestar esclarecimentos

Um procedimento administrativo foi instaurado pelo Ministério Público Federal (MPF) para apurar possíveis fraudes no acesso de alunos por meio do sistema de cotas na Universidade Federal do Acre (Ufac).

A medida foi tomada pelo procurador da República Lucas Costa Almeida Dias após várias denúncias se tornarem de conhecimento público que indicam a possível ocorrência de fraude.

O MPF expediu ofício à Ufac requisitando informações sobre candidatos autodeclarados pretos, pardos ou indígenas que, independentemente da renda, tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas e que, segundo veiculado em redes sociais, supostamente não atendam a esse parâmetro.

A Universidade também deve relatar ao MPF qual o procedimento tomado em relação às supostas fraudes que se dão no âmbito de ingresso na instituição.

Após a resposta da Ufac, o MPF estudará as medidas a serem tomadas no caso.

Leonildo Rosas

Related Posts

Empresa aponta possível fraude e pede anulação em licitação do Depasa

Empresa aponta possível fraude e pede anulação em licitação do Depasa

Sacolões do governo entregues aos alunos da rede pública estão superfaturados em cerca de 50%

Sacolões do governo entregues aos alunos da rede pública estão superfaturados em cerca de 50%

Governo faz licitação de material gráfico que pode aglomerar mais de 20 empresários em uma pequena sala

Governo faz licitação de material gráfico que pode aglomerar mais de 20 empresários em uma pequena sala

MPAC instaura inquérito civil para apurar fraudes em merenda escolar

MPAC instaura inquérito civil para apurar fraudes em merenda escolar

No Comment

Deixe uma resposta

Colunistas

Encontre-nos

Endereço
Av. Paulista, 123456
São Paulo, SP, CEP: 01311-300

Horário
Segunda—sexta: 9h–17h
Sábados e domingos: 11h–15h