O MDB não está parado na aquisição de novas caras para a legenda.

Depois de convidar o professor Minoru Kinpara, que não disse nem sim nem não ao convite, o partido ataca no setor empresarial.

A direção do partido foi até a sede da Federação das Indústrias do Estado do Acre (Fieac) com um propósito: convidar o presidente da entidade, José Adriano, para assinar a ficha de filiação.

Adriano ficou de refletir e dar uma resposta depois de conversar com os presidentes dos 10 sindicatos que formam a Fieac.

A sua missão seria a de coordenar a ação empresarial dentro do MDB. Organizar uma frente de empresários.

Ao Portal do Rosas, José Adriano revelou que o MDB assumiu o compromisso de abraçar o programa de desenvolvimento das federações.

“Não é um programa só nosso. É um programa de toda da sociedade. Queremos, como membros do setor produtivo, ajudar a apontar novos caminhos”, comentou.

O presidente da Fieac é filiado ao PDT. Concorreu a deputado federal nas eleições do ano passado. Ficou na 2ª suplência.

Sexta-feira, às 11, vai ter a convenção do MDB. Fica a expectativa se ele confirmar a entrada.