São dois jovens.

Um nasceu em Rio Branco, o outro em Manoel Urbano.

Carregam em comum o fato de terem ingressado nas instituições em que trabalham por meio de concurso público.

Foram galgando posições no competitivo mercado financeiro.

São dois legítimos acreanos à frente das superintendências do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal.

É um fato inusitado, pois há muitos anos não acontecia.

Os nomes deles são Márcio Carioca, no Banco do Brasil, e Victoram Costa, na Caixa Econômica Federal.

Os jovens têm talento.

Que ajudem o Acre a continuar encontrando o caminho do desenvolvimento.