Inclusão de militares na reforma da previdência, irrita base de Bolsonaro

Com a inclusão da proposta de reestruturação de carreira dos militares dentro do pacote de reforma da Previdência entregue na câmara federal na última quarta-feira (20), o pai do Carluxo irrita seus próprios deputados, o que torna mais difícil uma articulação que já é vista como deficiente no Congresso.

A reestruturação das Forças Armadas representa uma despesa adicional de R$ 86,85 bilhões em dez anos, reduzindo a economia com a mudança nas regras de aposentadoria para R$10 bilhões no mesmo período.

A base do governo é o PSL, agora já esfacelado.

O centrão afirma que uma reestruturação de carreiras militares neste momento pode “abrir a porteira” para que civis peçam a mesma coisa.

A reestruturação de carreira dos militares rendeu áudio ameaçador em grupos bolsonaristas.

 

Hugo Costa

Deixe uma resposta

Next Post

Para quê tanta bravata, rapaz! Cameli impõe medo na equipe para demonstrar liderança

qui mar 21 , 2019
Trabalhar que é bom, nada! Apresentar projetos para o futuro, menos ainda! Na presença de […]
%d blogueiros gostam disto: