Greta Thunberg recebe prêmio e faz doação para a Campanha SOS Amazônia

Greta Thunberg recebe prêmio e faz doação para a Campanha SOS Amazônia

Greta Thunberg doou € 100 mil, o equivalente a mais de R$ 500 mil, para ações de enfrentamento ao Coronavírus no Amazonas, e assim contribuiu fortemente para o combate da pandemia na região amazônica.

O recurso é parte do prêmio de € 1 milhão que ela recebeu pelo Prêmio Gulbenkian para a Humanidade, concedido pela Fundação Calouste Gulbenkian, com sede em Portugal.

O prêmio anual é dado a pessoas, grupos de pessoas e/ou organizações de todo o mundo cujas contribuições para a mitigação e adaptação às alterações climáticas se destacam pela originalidade, inovação e impacto.

Com o recurso, o Fridays for Future Brasil, por meio da Fundação Amazonas Sustentável (FAS), irá fortalecer ações nas regiões do Alto Rio Negro, Lábrea e Purus e comunidades de Manaus e entorno.

A FAS já recebeu o prêmio Prêmio Gulbenkian para a Humanidade em 2016 em reconhecimento por sua ações de conservação da floresta e desenvolvimento sustentável.

Os recursos doados por Greta vão se somar à campanha SOS Amazônia, do Fridays For Future Brasil, formado por jovens ativistas brasileiros, com o suporte da FAS, criada com o intuito de ajudar comunidades indígenas e populações tradicionais do território amazônico no combate à Covid-19.

Leonildo Rosas

Related Posts

Salles nomeia advogada de infratores ambientais para cuidar de Ibama no Acre

Salles nomeia advogada de infratores ambientais para cuidar de Ibama no Acre

Gladson nomeia Júlio Cézar, o Roxinho, diretor do Imac

Gladson nomeia Júlio Cézar, o Roxinho, diretor do Imac

Procuradoria da República encaminha representação pelas irregularidades na construção de rodovia entre Cruzeiro do Sul e Pucallpa

Procuradoria da República encaminha representação pelas irregularidades na construção de rodovia entre Cruzeiro do Sul e Pucallpa

Brasil precisa mostrar que desmatamento não é tolerado, diz Noruega

Brasil precisa mostrar que desmatamento não é tolerado, diz Noruega

1 Comment

Deixe uma resposta