Todos de Cruzeiro do Sul sabem que o Polo Presencial da Universidade Aberta do Brasil existe no município há mais de 10 anos.

Foi instalado no governo de Binho Marques.

Surpreendente, o governador Cameli e o secretário de Educação, Mauro Sérgio, mandaram convite para a “inauguração” do espaço.

Cameli não foi ao ato, mas o seu secretário descerrou até placa comemorativa.

Risível.

Segundo um morador do município, deram uma demão de tinta no lugar e venderam como algo novo.

A estratégia de pintar e inaugurar também será adotada na sede do Sistema Público de Comunicação.

É a pressão para mostrar serviço nos 100 dias.

Esse governo já fez festa até para a “inauguração” de um hidrante.