Gladson e Bocalom retiram gratificação de servidores da Emater

1

Amparado em parecer da Procuradoria-Geral do Estado (PGE), Gladson Cameli mostra, mais uma vez, que é o terror do funcionalismo público.

Junto com o presidente da Emater, Tião Bocalom, o governador decidiu, a partir de janeiro de 2020, retirar dos servidores da empresa a Gratificação Especial por Atividade de Campo.

Cerca de 30 servidores, que recebem a gratificação há décadas, foram atingidos com a medida.

Nas eleições do ano passado, a maioria dos servidores da Emater apoio e votou em Gladson Cameli.

Apostaram na mudança. Ela está acontecendo diretamente nas suas vidas, com perda de rendimento.

One thought on “Gladson e Bocalom retiram gratificação de servidores da Emater

  1. Gladson não passa de um discípulo do Conselheiro Antonio Jorge Malheiro, alias e so verificar no audio da sessão plenária do dia 12/12 que tem no proprio site do TCE, você vai ouvir claramento o mesmo chamando os servidores do TCE de pessoas de 2 escalão.

Deixe uma resposta

Next Post

Inscrições ao concurso da Prefeitura de Rio Branco para contratação de médicos encerra no próximo dia 20

ter dez 17 , 2019
Encontra-se aberto até sexta-feira (20) o edital do Concurso Público Simplificado da Prefeitura de Rio […]
%d blogueiros gostam disto: