Gladson e Bocalom retiram gratificação de servidores da Emater

Gladson e Bocalom retiram gratificação de servidores da Emater

Amparado em parecer da Procuradoria-Geral do Estado (PGE), Gladson Cameli mostra, mais uma vez, que é o terror do funcionalismo público.

Junto com o presidente da Emater, Tião Bocalom, o governador decidiu, a partir de janeiro de 2020, retirar dos servidores da empresa a Gratificação Especial por Atividade de Campo.

Cerca de 30 servidores, que recebem a gratificação há décadas, foram atingidos com a medida.

Nas eleições do ano passado, a maioria dos servidores da Emater apoio e votou em Gladson Cameli.

Apostaram na mudança. Ela está acontecendo diretamente nas suas vidas, com perda de rendimento.

Leonildo Rosas

Related Posts

Derrotado, Gladson Cameli pede suspensão de atividades partidárias do Progressistas e não se filia no PSDB

Derrotado, Gladson Cameli pede suspensão de atividades partidárias do Progressistas e não se filia no PSDB

Parente da esposa de Tião Fonseca cuida da administração e das finanças no Depasa

Parente da esposa de Tião Fonseca cuida da administração e das finanças no Depasa

Portal do Rosas foi o primeiro a fazer  denúncia contra ex-presidente do Depasa preso nesta segunda-feira

Portal do Rosas foi o primeiro a fazer denúncia contra ex-presidente do Depasa preso nesta segunda-feira

General Augusto Heleno diz que o Acre tem  sérios problemas ambientais provocados pela pecuária

General Augusto Heleno diz que o Acre tem sérios problemas ambientais provocados pela pecuária

1 Comment

  1. Gladson não passa de um discípulo do Conselheiro Antonio Jorge Malheiro, alias e so verificar no audio da sessão plenária do dia 12/12 que tem no proprio site do TCE, você vai ouvir claramento o mesmo chamando os servidores do TCE de pessoas de 2 escalão.

Deixe uma resposta

Colunistas

Encontre-nos

Endereço
Av. Paulista, 123456
São Paulo, SP, CEP: 01311-300

Horário
Segunda—sexta: 9h–17h
Sábados e domingos: 11h–15h