Forneck volta a cobrar que a Prefeitura de Rio Branco autorize o funcionamento de 100% da frota de ônibus

Forneck volta a cobrar que a Prefeitura de Rio Branco autorize o funcionamento de 100% da frota de ônibus

Preocupado com a saúde dos trabalhadores e trabalhadoras, em meio a pandemia, o líder do PT na Câmara de Vereadores, Rodrigo Forneck, cobrou novamente nesta terça-feira, 28, uma posição da Prefeitura de Rio Branco sobre o pedido, que havia feito, para que a capital tenha 100% da sua frota de ônibus circulando nas ruas.

“As pessoas estão andando aglomeradas nos ônibus e isso coloca a saúde delas em risco. Não podemos negligenciar essa situação. Se chegar nesta casa um projeto apontando que a Prefeitura tem que subsidiar a passagem, para que toda a frota esteja na rua, pensando na vida das pessoas, sou favorável”, endossou.

Rodrigo já havia feito o pedido de funcionamento de 100% das linhas de transporte público na semana passada, quando Acre ingressou na fase laranja da pandemia, o que permitiu a reabertura do comércio e serviços não essenciais.

Ao ser questionado sobre a viabilidade de sua proposta, Forneck foi enfático.“Nós acabamos de aprovar R$ 20 milhões para a infraestrutura. Será que se colocarmos um percentual para o transporte público, pelo menos durante a pandemia, não temos a frota inteira ativa? Não é burrice pensar isso, burrice é colocar a vida em segundo plano”, destacou.

Leonildo Rosas

Related Posts

Bocalom volta atrás e revoga decreto sobre abertura das igrejas e templos religiosos

Bocalom volta atrás e revoga decreto sobre abertura das igrejas e templos religiosos

Denúncia contra Marcus Alexandre visa encobrir casos de corrupção no governo de Gladson

Denúncia contra Marcus Alexandre visa encobrir casos de corrupção no governo de Gladson

Daniel Zen cobra explicações sobre novo escândalo na Secretaria de Educação

Daniel Zen cobra explicações sobre novo escândalo na Secretaria de Educação

Leo de Brito pede extinção de auxílio de saúde e alimentação para parlamentares

Leo de Brito pede extinção de auxílio de saúde e alimentação para parlamentares

No Comment

Deixe uma resposta