Ex-subsecretário de Polícia Civil na administração Tião Viana é nomeado delegado-geral por Gladson

Ex-subsecretário de Polícia Civil na administração Tião Viana é nomeado delegado-geral por Gladson

O delegado Josemar Portes foi nomeado pelo governador Gladson Cameli para ocupar o posto de delegado-geral de Polícia Civil, a partir de hoje.

Portes irá substituir o também delegado Henrique Maciel, que foi acusado de participar de esquema de “rachadinha”por servidor. A denúncia fora formalizada no Ministério Público Estadual.

Indicado pelo vice-governador Wherles Rocha (PSDB), Henrique Maciel teve passagem conturbada há frente da Polícia Civil, conseguindo desagradar boa parte da categoria.

Henrique Maciel assumiu o posto após a exoneração do então secretário Rêmullo Diniz depois de quatro meses à frente da pasta. Na época, o governo também alegou reestruturação na Segurança Pública para a saída do secretário. 

Nomeado no dia 2 de janeiro deste 2019, Diniz chegou a ser afastado do cargo antes de completar um mês de gestão. O ex-secretário foi afastado, no dia 30 de janeiro, após um site de repercussão nacional apontar que ele seria investigado por ter ligação com um grupo criminoso que atua no Estado.

Nada foi provado.

No governo do Gladson Cameli a Polícia Civil perdeu o status de secretária.

Josimar Portes foi subscretário de Polícia Civil durante a gestão do governador Tião Viana. Tem o perfil técnico e chega para tentar pacificar uma categoria que está em pé de guerra com o governo.

Leonildo Rosas

Related Posts

Senadora Mailza Gomes decide exonerar pastor Ildson Viana da sua assessoria

Senadora Mailza Gomes decide exonerar pastor Ildson Viana da sua assessoria

Deputados aprovam projeto de Edvaldo que proíbe o corte de luz e água durante a pandemia

Deputados aprovam projeto de Edvaldo que proíbe o corte de luz e água durante a pandemia

“A corrupção no governo é cada vez maior e escancarada”, afirma Daniel Zen

“A corrupção no governo é cada vez maior e escancarada”, afirma Daniel Zen

“Não podemos permitir que a corrupção tome conta do nosso estado, é intolerável”, disse Leo de Brito em pronunciamento na Câmara dos Deputados

“Não podemos permitir que a corrupção tome conta do nosso estado, é intolerável”, disse Leo de Brito em pronunciamento na Câmara dos Deputados

No Comment

Deixe uma resposta