Estudo aponta que declarações de Gladson Cameli incentivaram o desmatamento

O que era de conhecimento empírico, agora está amparado em estudo realizado pelo Instituto Socioambiental (ISA): as declarações de Gladson Cameli fez aumentar o desmatamento no Acre.

A constatação está em reportagem assinada por Fabiano Maisonnave e publicada hoje no jornal Folha de S.Paulo.

Segundo a matéria, o levantamento foi feito com base nos dados dos sistemas Prodes e Deter-B, ambos do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

Em maio, Cameli, durante discurso em Sena Madureira, orientou os produtores a não pagar as multas aplicadas pelo Imac.

Veja o vídeo: https://youtu.be/tnWYpTVT2B8

Após o discurso, houve 2.570 alertas nos meses de junho e julho, 225% a mais do que os mesmos meses de 2018.

Veja a matéria: https://www1.folha.uol.com.br/ambiente/2019/12/declaracoes-antiambientalistas-de-politicos-aceleram-desmatamento-diz-estudo.shtml

Deixe uma resposta

Next Post

Gladson e Bocalom retiram gratificação de servidores da Emater

ter dez 17 , 2019
Amparado em parecer da Procuradoria-Geral do Estado (PGE), Gladson Cameli mostra, mais uma vez, que […]
%d blogueiros gostam disto: