Estão abertas as inscrições para o 1º Festival de Marchinhas do Acre

Por Nivea Carvalho

Um ritmo que chegou ao Brasil cheio de influências portuguesas, as marchinhas de carnaval dominaram os bailes pelo Brasil durante décadas. A primeira marchinha tipicamente brasileira foi composta em 1899 por Chiquinha Gonzaga, intitulada “Ó Abre Alas”. Uma pianista e regente que deu início ao ritmo carnavalesco brasileiro que veio a ter seu auge apenas a partir de 1920.

Grandes intérpretes deram voz às marchinhas nos anos que se seguiram, como Carmen Miranda, João Roberto Kelly, Lamartine Babo, Manoel Ferreira e Dalva de Oliveira, dentre muitos outros. Com o passar do tempo instrumentos de sopro, como o trompete e o saxofone, começaram a aparecer nas composições como referência ao jazz, popular nos EUA na época. De lá para cá esse estilo musical foi perdendo espaço, porém, nunca deixado de estar presente nas festas carnavalescas.

Pensando no resgate da cultura das marchinhas de carnaval e em fomentar composições locais, as empresas ​BIAUSOM e ​JB SOM​, realizam o primeiro Festival de Marchinhas do Acre, com apoio do Grupo Cidade de Comunicação e Cidade Agência de Publicidade e Propaganda. Contando com temática livre, compositores acreanos terão a chance de mostrar seu talento através de letras que passarão pelo voto popular.

O público vai eleger 12 (doze) canções finalistas que serão apresentadas ao vivo, com a participação da Banda Base, no dia 16 de fevereiro, no calçadão da Gameleira, a partir das 18 horas, onde será conhecida a grande campeã do festival.

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas de 20 a 31 de janeiro através whatsapp (68) 9220-6594 (em horário comercial). O regulamento está disponível no link http://marchinha.epope.com.br/.

Deixe uma resposta

Next Post

Governador e comandante da PM demonstram desconhecer legislação ao anunciar compra de armamentos importados sem autorização do Exército

qua jan 22 , 2020
Apressados quase sempre comem cru ou são pegos na mentira. Muitas vezes são vítimas da […]
%d blogueiros gostam disto: