Já que gosta tanto de aviação, o rapaz deveria por uma biruta de aeroporto para ver em que direção o seu governo pode descolar.

Sim, porque até agora o que vimos é um voo cego, sem rumo.

Veja o caso do Instituto de Mudanças Climáticas (IMC), que foi extinto sem nem mesmo ele sabe qual era a finalidade do órgão.

Transformado em departamento, o IMC é comandado pelo professor Carlitinho Cavalcanti.

Cavalcanti concedeu entrevista no fim de semana a um jornal local e passou a compreender para que o IMC original servia.

Parece que o rapaz terá que voltar atrás e apresentar projeto para ressuscitar o IMC.