Eles não se entendem – Chefe da Casa Civil confirma reforma administrativa; procurador-geral nega

Eles não se entendem – Chefe da Casa Civil confirma reforma administrativa; procurador-geral nega

Se há uma coisa que custa pouco, essa coisa é conversa.

O máximo que se gasta é saliva. Mas parece que, dentro do governo, de tanto falarem em crise, estão querendo economizar até cuspe.

Essa é a impressão nítida que se tem quando vemos os constantes conflitos internos. A situação chegou a tal ponto, que, semana passada, o rapaz Cameli revelou que havia secretário que não falava com secretário dentro do governo.

Pelo jeito, embora ele tenha determinado amizade eterna, a sua determinação foi jogada no esquecimento.

A carência de diálogo está no andar de cima da administração. Ao lado de Cameli.

Pela parte da manhã, o chefe da Casa Civil, Ribamar Trindade, concede entrevista a um site amigo confirmando que haverá uma nova reforma administrativa.

À tarde, o procurador-geral do Estado, João Paulo Setti, diz a um site mais amigo ainda, só que com menos credibilidade, que o governo não irá reformar a reforma.

Isso é estranho, muito estranho.

Historicamente, todos os projetos são coordenados pela Casa Civil, mas contam com a participação ativa da PGE.

Sempre foi assim. Talvez tenham mudado.

Trindade, segundo o site que confirmou a reforma, declarou que o projeto estaria sendo analisado pela Procuradoria e que deverá chegar à Assembleia Legislativa em abril.

O estranho é o procurador desconhecer que o projeto está na PGE.

Tudo parece cheio de muita vaidade.

Até as mangueiras do escritório de governo sabem que Cameli quer reformar a máquina. Precisa criar mais cargos e liberar recursos que ficaram presos por conta da sua barbeiragem.

Hugo Costa

Related Posts

Conselheiros do TCE elegem Ronald Polanco presidente para os próximos dois anos

Conselheiros do TCE elegem Ronald Polanco presidente para os próximos dois anos

Ao impedir posse do TCE, Luiz Fux agride à língua portuguesa e escreve “Desisão”

Ao impedir posse do TCE, Luiz Fux agride à língua portuguesa e escreve “Desisão”

República do TCE terminar em meio a intrigas, divergências e conflitos entre conselheiros e o governador

República do TCE terminar em meio a intrigas, divergências e conflitos entre conselheiros e o governador

A nebulosa história de quatro terrenos, no valor total de R$ 1 milhão, comprado por um governante caloteiro

A nebulosa história de quatro terrenos, no valor total de R$ 1 milhão, comprado por um governante caloteiro

1 Comment

  1. O mesmo desentendimento que existe dentro do pt nos últimos 4 anos de governo de Tião. Ninguém se entende, ninguém se respeita, ninguém pensa na população. Não comente como se isso fosse novidade, a bagunça e o desentendimento existe a muitos anos, e você a defendia com unhas e dentes, por Interesse próprio. A população não é burra, os petralhas são bons em fazer oposição, tá se achando muita coisa você né ? Muitos vem aqui somente pra ler suas sandices. Deixa que o MP está fiscalizando o carro alugado pelo Detran pro seu uso particular, voce deveria ia pra cadeia por onerar os cofres públicos. Você e seu ídolo Tião Viana afundaram o Acre, acabaram com o PT.

Deixe uma resposta

Colunistas

Encontre-nos

Endereço
Av. Paulista, 123456
São Paulo, SP, CEP: 01311-300

Horário
Segunda—sexta: 9h–17h
Sábados e domingos: 11h–15h