Edvaldo sobre a Fênix e o Avancard: “estão traficando com os dados sigilosos dos servidores”

Edvaldo sobre a Fênix e o Avancard: “estão traficando com os dados sigilosos dos servidores”

Assessoria

O deputado Edvaldo Magalhães (PCdoB) voltou a falar do assédio cometido pelo cartão Avancard aos servidores do Estado. Ele comentou também sobre a ‘burla’ à lei aprovada na Aleac com a introdução de um decreto, que cria uma margem extra para além dos 35%, estabelecidos pela Aleac e sancionados pelo governador Gladson Cameli.

Ele mencionou que nem mesmo o vice-governador Major Rocha (PSL) tem se livrado do assédio do Avancard, com mensagens diárias convidativas à realização de transações financeiras. Edvaldo destacou que há um tráfico de dados sigilosos da Fênix Soft para a Prover Promoções, a detentora do Avancard.

“Até o vice-governador está recebendo o assédio do cartão Avancard. Estamos diante de um contrabando jurídico no decreto, de um tráfico de dados dos servidores públicos para o cartão Avancard. Um irmão é dono da Fênix, o outro do cartão Avancard. Estão traficando com os dados sigilosos e isso não pode permanecer”, disse o parlamentar.

E acrescentou: “a Fênix pegou todo o banco de dados e contrabandeou para o cartão Avancard e esse cartão que é que está ligando para os servidores. Esse é o escândalo, essa é a fraude. Cadê o Procon? Cadê uma ação coletiva por parte da Defensoria Púbica, que fez uma recomendação pra que eles parassem de enviar mensagens a partir daquela nossa audiência pública?. De lá para cá só aumentou”.

Ao final da fala de Edvaldo Magalhães, o secretário de Planejamento e gestão, Ricardo Brandão, enviou ao parlamentar um extrato bancário referentes a dois meses, ou seja, agosto e setembro. São R$ 200 mil. Em resposta ao secretário, Edvaldo pediu que os dados fossem atualizados na Transparência do Estado, para que todo cidadão possa acessar e acompanhar a movimentação financeira.

Leonildo Rosas

Related Posts

Daniel Zen: “política do governo de sucateamento é desastrosa e afeta diretamente os mais pobres”

Daniel Zen: “política do governo de sucateamento é desastrosa e afeta diretamente os mais pobres”

“Bocalom nem assumiu e já quer retirar o direito da passagem de 1 real dos estudantes”, critica Forneck

“Bocalom nem assumiu e já quer retirar o direito da passagem de 1 real dos estudantes”, critica Forneck

Edvaldo destaca aprovação do decreto de sua autoria que susta a atuação do Avancard

Edvaldo destaca aprovação do decreto de sua autoria que susta a atuação do Avancard

Aumento do desmatamento na Amazônia: Leo de Brito pede convocação do ministro do Meio Ambiente e convida vice-presidente da República a darem explicações

Aumento do desmatamento na Amazônia: Leo de Brito pede convocação do ministro do Meio Ambiente e convida vice-presidente da República a darem explicações

No Comment

Deixe uma resposta

Colunistas

Encontre-nos

Endereço
Av. Paulista, 123456
São Paulo, SP, CEP: 01311-300

Horário
Segunda—sexta: 9h–17h
Sábados e domingos: 11h–15h