Cameli frauda a história ao falar sobre o tráfego nas rodovias federais

Ele falou tráfico, mas queria dizer tráfego.

Atropelos gramaticais são normais na fala do engenheiro sem obras.

Mas Cameli tenta fraudar a verdadeira história da construção das BR no Acre, ao dizer que, se hoje elas estão dando tráfego, foi graças ao trabalho da bancada federal.

Ao longo da história, o que menos os parlamentares federais fizeram foi aportar recursos para as rodovias 317 e 364.

Basta ver o histórico de emendas de cada um.

Ao fazer um discurso vazio e sem substância, o rapaz despreza até a história do seu tio Orleir Cameli.

Cameli tio não fez um grande governo, mas teve a ousadia de iniciar as obras para os dois lados do Acre.

Chegou com estrada a Brasileia e Sena Madureira.

E não consta que tenha contado com o apoio da bancada federal. Muito pelo contrário.

As estradas começaram a se concretizar com a assunção de Lula à presidência da República. Ele conhecia o Acre, conhecia o Brasil.

Os políticos acreanos, em particular os irmãos Tião e Jorge Viana, gozavam de prestígio junto ao governo federal e conseguiram trazer os recursos necessários para as obras.

E a bancada federal nunca teve essa força.

Há uma história que um dia, o então governador Binho Marques, o então senador Tião Viana e Jorge Viana foram com Lula pedir recursos para as pontes.

Lula já tinha assegurado verba para as estradas.

Surpreso, o presidente levou as calças até o joelho e perguntou: “Quer dizer que a estrada tem pernas e coxas, mas não tem joelhos?”.

Os políticos acreanos saíram com os recursos pretendidos.

Em outubro de 2011, com o apoio da presidenta Dilma Rousseff, o governador Tião Viana anunciou que a BR-364 nunca mais iria fechar.

E não contou com apoio da bancada federal.

Cameli tem obrigação de falar a história real. A sua família foi a que mais ganhou dinheiro nas estradas.

O seu tio foi ousado.

Ele mesmo foi responsável técnico por um dos trechos, que não foi feito como manda os melhores padrões de engenharia.

Hugo Costa

Deixe uma resposta

Next Post

Trio parada dura - O que estava ruim, vai piorar; Tião Fonseca, José Alex e James Gomes vão comandar a ZPE

seg mar 25 , 2019
Nada é tão ruim, que não posso piorar. Conforme edital publicado no Diário Oficial do […]
%d blogueiros gostam disto: