Após apelo do coordenador do Samu a líderes de facções, equipamentos roubados são devolvidos

Com grande destaque, a imprensa acreana anunciou que os responsáveis pelo assalto à uma ambulância do Samu foram presos pela polícia, em menos de 24 horas.

Foi anunciado, também, que os dois assaltantes foram devolver os equipamentos surrupiados.

Essa devolução, por si só, deveria chamar a atenção de qualquer pessoa minimamente inteligente. Afinal, desde quando bandido anda devolvendo produto de roubo com tanta facilidade?

A imprensa e o governo esqueceram de mencionar um detalhe importante: a força das facções nos bairros de Rio Branco.

Quem não desconsiderou isso foi o coordenador do Samu, Pedro Pascoal, sobrinho do ex-deputado Hildebrando Pascoal.

Ontem, logo cedo, Pedro Pascoal foi ao programa do radialista Frank Vidal, na Rádio Gazeta, é implorou para os líderes das facções não deixem esse tipo de coisa aconteceu.

Pascoal deveria ter apelado à polícia, mas foi por outro caminho, como se fizesse um pacto informal para as ambulâncias terem salvo-conduto nos bairros.

Parece que o apelo deu certo. Mesmo assim, o Samu será acompanhado por policiais nas ocorrências consideradas mais perigosas.

Após o pedido do representante do governo, os assaltantes devem ter refletido que é melhor a prisão do que a execução.

Na prisão, há a famosa audiência de custódia. No tribunal do crime a pena capital é regra.

No fim de semana, o tradicional jornal impresso a Gazeta saiu com a seguinte manchete: “Comando Vermelho desafia a Segurança Pública e ameaça tomar conta do Acre”.

Alguém tem dúvidas sobre quem está mandando?

Deixe uma resposta

Next Post

Repórter Francisco José é o convidado especial para o Prêmio Jorge Said de Comunicação

qui dez 5 , 2019
Uma noite de muita emoção, memórias e histórias é o que se pode esperar desta […]
%d blogueiros gostam disto: