Apoiado por Cameli e o Major, Capitão Bolsonaro pode metralhar SUS e Fundeb

1

Imagine a crise no sistema de saúde do Acre sem o Sistema Único de Saúde (SUS). Pense a Educação sem o Fundeb.

No Acre, 95% da população depende do SUS. Esse percentual salta para 99% quando se trata de atendimento de alta complexidade.


A Educação acreana é, majoritariamente, pública. São mais de 160 mil alunos matriculados.

Há municípios que não existe ensino nem rede particular.

É esse futuro sem SUS e Fundeb que o governo federal pretende oferecer ao povo brasileiro.

No Acre, o presidente Jair Bolsonaro teve quase 80% dos votos válidos. Contou com o apoio do major vice e do rapaz Cameli, que o chama de “Bolsonairo”.

“Bolsonairo” pretende metralhar o SUS e o Fundeb,


O fim do SUS e do Fundeb é uma facada nos direitos dos mais humildes garantidos na Constituição de 1988.

Vai dar uma carta branca para os governadores gastarem o dinheiro como bem quiserem, elegendo as prioridades.


Isso faz parte do projeto que o ministro da Economia, Paulo Guedes, anunciou que levará ao Congresso Nacional para aprovação. Guedes vende o projeto como Pacto Federativo.


Não é verdade. É uma grande fraude. Um orçamento sem vinculações sociais é algo criminoso contra os direitos à Educação e à Saúde.

E Cameli diz: “Eu apoio Bolsonairo”.

Hugo Costa

One thought on “Apoiado por Cameli e o Major, Capitão Bolsonaro pode metralhar SUS e Fundeb

  1. E o Lula que vocês tanto defendem metralhou o Brasil, metralhou os cofres públicos, metralhou a esperança dos brasileiros. Unam-se a ele na penitenciária de Curitiba seus hipócritas.

Deixe uma resposta

Next Post

“Dono” da Educação em Sena, Gehlen Diniz é acusado de emplacar apadrinhados no concurso da Educação de forma irregular

qua mar 27 , 2019
O site Yaco News traz uma matéria que merece a investigação do Ministério Público. Veja […]
%d blogueiros gostam disto: