Anvisa convoca 11 governadores para discutir problemas em liberação de vacina russa

Anvisa convoca 11 governadores para discutir problemas em liberação de vacina russa

Ideia no órgão regulador é que grupo mude direção da pressão e ajude a obter, junto à empresa, os dados técnicos pendentes sobre a Sputnik V

Por Murillo Camarotto, Valor — Brasília

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) convocou os governadores dos 11 Estados interessados em importar a vacina russa Sputnik V para explicar em detalhes as dificuldades que o órgão regulador vem enfrentando para avançar com a autorização para o uso emergencial do imunizante no país.

A proposta inicial da agência é que a reunião aconteça na terça-feira (6), mas a confirmação vai depender das agendas dos governadores. Manifestaram interesse em comprar as vacinas os governadores de Acre, Bahia, Rio Grande do Norte, Maranhão, Mato Grosso, Piauí, Ceará, Pernambuco, Pará, Sergipe e Rondônia.
Devido à lentidão da vacinação no país.

Devido à lentidão da vacinação no país, é crescente a pressão política para a liberação de mais vacinas, mas a atual falta de informações sobre a Sputnik V inviabiliza qualquer possibilidade de autorização. Desenvolvida pelo laboratório Gamaleya, a vacina é representada no Brasil pela União Química.

Veja a matéria completa aqui.

Leonildo Rosas

Related Posts

Sindmed cobra melhorias da Sesacre e critica a falta de informação e orientação sobre a Covid-19

Sindmed cobra melhorias da Sesacre e critica a falta de informação e orientação sobre a Covid-19

Marcelo Queiroga aceita convite para assumir o Ministério da Saúde

Marcelo Queiroga aceita convite para assumir o Ministério da Saúde

Acre queria 184, mas conseguiu apenas duas vagas no Programa Mais Médico

Acre queria 184, mas conseguiu apenas duas vagas no Programa Mais Médico

EMOCIONANTE: Professora Rita Paro dá depoimento emocionante após vencer o câncer de mama

EMOCIONANTE: Professora Rita Paro dá depoimento emocionante após vencer o câncer de mama

No Comment

Deixe uma resposta