Advogado preso com quase 20 mil munições e arma de fogo é diretor da Seinfra de Rio Branco

Advogado preso com quase 20 mil munições e arma de fogo é diretor da Seinfra de Rio Branco

O advogado Jaime Fontes Vasconcelos, preso com cerca de 20 mil munições e arma de fogo, faz parte do alto escalão da prefeitura de Rio Branco,

Foi nomeado pela prefeita Socorro Neri para o cargo de diretor de Gestão da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Mobilidade Urbana (Seinfra).

Funcionário de carreira do Tribunal de Contas do Estado, ele também foi diretor de Administração e Finanças da corte.

Jaime Fontes Vasconcelos f oi preso pelo crime de porte ilegal de arma de fogo e munição na tarde dessa segunda-feira, 19.

A prisão aconteceu no posto de fiscalização do município de Senador Guiomard, na Rodovia AC-40.

Segundo a polícia, o diretor de Gestão trafegava com veículo modelo Pagero de cor branca quando foi abordado pelos policiais no posto de fiscalização

.Após revista no carro, a polícia encontrou em posse do advogado uma pistola 9 milímetros municiada com 16 munições intactas. Durante a revista no porta-malas do veículo, foi encontrado também oito caixas contendo 14 mil munições de 9mm, 2 mil munições de calibre 380 e 1 mil de calibre não especificado.

Até agora, a prefeitura de Rio Branco não se manifestou.

Leonildo Rosas

Related Posts

Frank Lima perdeu a condição de permanecer como secretário de Saúde de Rio Branco

Frank Lima perdeu a condição de permanecer como secretário de Saúde de Rio Branco

Sem os bilhões prometidos, construção civil do Acre se contenta com as pequenas obras

Sem os bilhões prometidos, construção civil do Acre se contenta com as pequenas obras

É dever até dos aliados não levar a candidatura de Márcia Bittar ao Senado a sério

É dever até dos aliados não levar a candidatura de Márcia Bittar ao Senado a sério

Construção do Centro Administrativo sobe o telhado; a determinação é investir em pequenas obras

Construção do Centro Administrativo sobe o telhado; a determinação é investir em pequenas obras

No Comment

Deixe uma resposta